top of page

TRIO PROPAGANDA, por Ju Pelandre

No comando da Trio Publicidade e Propaganda, Juliana Pelandre Garcia é daquelas mulheres cuja vida de percalços e de vitórias caberia em um livro sobre empreendedorismo, superação e amor

TEXTO VINÍCIUS LIMA FOTO JOÃO PAULO SANTOS


Juliana Pelandre foi uma de apenas 4 mulheres que se formaram em uma turma de 40 alunos de Ciências da Computação, curso que ingressou aos 18 anos na UEM em 1996. Esse padrão permaneceu em sua vida até se tornar diretora em Maringá de uma unidade de uma das maiores empresas do país em software de gestão de sistemas, sendo a única mulher do grupo presente nas reuniões de diretoria, estando à frente de um time regional com mais de 180 homens. Foi uma experiência de 14 anos que fundamentou as bases para que hoje ela se tornasse dona de seu próprio negócio. “Eu entrei na empresa como programadora, fui para o suporte técnico, me tornei líder de desenvolvimento, gestora e por fim diretora de uma unidade”, esclarece Juliana.


Seu primeiro filho, João Victor, veio ao mundo em uma época decisiva. Foram apenas 40 dias de afastamento do trabalho, seu retorno aconteceu a convite da empresa para assumir o cargo de gestora. “Por ser mulher, tive que ser uma diretora muito mais rigorosa do que realmente seria necessário, porque quando eu saía da empresa para amamentar meu filho, alguns funcionários simplesmente não me levavam a sério, alguns voltavam pra casa, mas eu ia até a casa deles e pegava de volta”, brinca Juliana.


Abrir mão de uma carreira construída ao longo de 14 anos, com um ótimo retorno financeiro, não foi fácil. Sua motivação maior não foi simplesmente abrir um negócio próprio, mas o desejo de trabalhar em um ambiente que promovesse seus ideais e seus valores. “Tudo começou quando fiz um curso chamado Metanoia, sobre competências ligadas à liderança e à gestão de negócios, esse curso expandiu tanto minha consciência que eu percebi que já não me encaixava mais no ambiente em que estava”.


A oportunidade de estar à frente de sua própria empresa surgiu através do marido, Paulo Garcia Junior, que havia decidido entrar como investidor na Trio Publicidade e Propaganda, uma empresa fundada por amigos publicitários, mas que logo saíram da sociedade. “De largada eu não tive coragem de abrir mão do meu salário de diretora para assumir um novo negócio, o que me motivou a entrar de cabeça na Trio foi perceber que o universo do marketing digital tem tudo a ver com a minha formação em ciência da computação”, explica.


De uma empresa de três funcionários e cinco clientes na época em que Juliana assumiu sua direção, hoje a Trio possui um quadro de 15 colaboradores para atender as demandas de mais de 70 clientes, sendo muitos dos quais voltados para a área de medicina e empresas que operam no comércio exterior. “Além de MBA em Gestão Empresarial pela FGV e de Gestão em Marketing pela mesma instituição, eu tenho um MBA em Gestão de Saúde pela Uni São Paulo, uma área que cresceu muito na Trio quando decidi fazer eu mesma a captação comercial da agência”, conta Juliana, que inicialmente não se aventurou a tocar a parte comercial da empresa por acreditar que sua experiência se resumia a gestão e administração, até que percebeu, na prática, que seu desempenho em captar clientes era maior do que os vendedores contratados por ela para a expansão da carteira de clientes.


Além da medicina, outras áreas que se destacam dentre os clientes atendidos pela Trio é a advocacia e profissionais da saúde, tais como fonoaudiólogos, dentistas e nutricionistas, conforme destaca Juliana: “em nossa metodologia de trabalho não temos interesse em fazer mídia social de massa, com volume exacerbado de posts diários que só ocupam espaço no universo da internet sem agregar valor e conhecimento, nós trabalhamos com posts de conteúdo, por isso estudamos profundamente as áreas de cada cliente para estarmos aptos a desenvolver este conteúdo de caráter informativo e de interesse dos seus seguidores”.


Ju Pelandre, como é carinhosamente conhecida pelos seus, hoje é mãe de gêmeos, Lucas e Luiza, de 5 anos de idade. Durante a pandemia despediu-se do grande amor de sua vida, Paulo, e encontrou na dor e nos desafios de se tornar repentinamente a única provedora do seu lar a motivação para reencontrar propósito em sua jornada através do voluntariado. Por meio da Trio ela promove o marketing digital do Rotary Parque do Ingá e apoia também a campanha Mobilidade para Todos com a arrecadação de blisters (cartelas de medicamento) vazios que são revertidos em cadeiras de rodas.




Opmerkingen


bottom of page