top of page

Novas tecnologias no tratamento de marcas de pele

Manchas, cicatrizes, vermelhidão e linhas de expressão estão entres os maiores incômodos; evolução das tecnologias possibilitam maiores chances de tratamentos, esclarece a Dra Fabíola Tasca

Dra. Fabíola Tasca CRM 20830 PR | RQE 12891


Gastar um tempão em frente ao espelho aplicando maquiagem para disfarçar manchas, cicatrizes, vermelhidão ou linhas de expressão e, ainda assim, não conseguir o resultado desejado. A prática bastante comum contribui para “derrubar” ainda mais a autoestima, porque além da insatisfação com a pele a pessoa fica “refém” desse trabalhão toda vez que vai sair de casa. A boa notícia é que os avanços tecnológicos têm alcançado resultados que possibilitam tratar de forma cada vez melhor. “Muitas dessas marcas não têm cura, o que pode ser feito é um controle e manutenção”, explica a doutora.

De acordo com a dermatologista Fabíola Tasca, nos últimos anos a dermatologia foi uma das especialidades que mais evoluiu em termos de tecnologia para tratamentos específicos. Isso significa que, atualmente, há muito mais alternativas de tratamentos que garantem, com mais precisão, a melhora da qualidade da pele e a redução ou até eliminação, dependendo do caso, das marcas incômodas.


A escolha da tecnologia, porém, deve sempre ter como base o exame clínico e fotográfico (dermatoscopia digital - reveal), para identificar, por exemplo, a profundidade da cicatriz, o tamanho dos vasos (rosácea) e o tipo de mancha. “Só a partir dessa avaliação e análise detalhada é possível fazer a escolha assertiva da tecnologia a ser utilizada para garantir o resultado esperado”, destaca.


Na clínica, Fabíola conta que atende muitos pacientes com acnes, por exemplo, e que apresentam cicatrizes, poros dilatados e manchas escuras resultantes do processo inflamatório. “A primeira medida é tratar a acne e, para isso, faço investigação hormonal e uso medicação via oral como antibióticos ou até mesmo a isotretinoina”, explica. Quando o quadro de acne é estabilizado o tratamento segue para as sequelas. “Nessa etapa escolho opções de tecnologias, dentre as várias que atualmente estão à disposição, para obter o melhor resultado de acordo com a especificidade da pele e das marcas”.


Outro tipo de demanda muito frequente na clínica, segundo a dermatologista, é a busca por solução para as linhas finas de expressão que aparecem, principalmente, ao redor dos olhos, em volta dos lábios e na testa. “Mesmo depois de harmonização facial, cirurgia plástica ou aplicação de toxina botulínica algumas rugas finas persistem, mas atualmente existem tecnologias específicas para resolver isso”, informa Fabíola.


A dermatologista acrescenta ainda que as novidades tecnológicas também oferecem mais qualidade para o tratamento da vermelhidão caracterizada por pequenos vasos. A doença inflamatória, chamada de rosáceo, é bastante comum, principalmente em mulheres e, embora não tenha cura, os pacientes podem usufruir de tratamentos a laser que proporcionam melhores resultados, como a diminuição dos vasos, do avermelhamento, da sensibilidade e das crises de rubor e calor, além de estímulo para a produção de colágeno.


Principais aparelhos utilizados pela dermatologia


Nas clínicas dermatológicas os aparelhos mais utilizados em tratamentos de pele são aqueles que permitem a emissão de feixes de laser com alvo programado. Assim, ao tratar uma marca específica, como a melanina (que causa manchas escuras na pele) e os vasos (rosácea), é possível potencializar os resultados. Além disso, as novas tecnologias podem ser programadas para alcançar células envelhecidas e até promover estímulo para a produção de colágeno e a renovação da pele (eliminando a camada de pele morta). A dermatologista Fabíola Tasca revela os aparelhos que utiliza em clínica. Entre eles, estão:


  1. Fotona StarWalker: laser a base de picossegundos para diminuir poros, vasos e melhorar a qualidade da pele;

  2. Fotona: laser que atua no rejuvenescimento, redução de cicatrizes e rugas;

  3. Laser Spectra: laser a base de nanossegundos muito utilizado no tratamento de melasma, olheiras, rosácea e poros;

  4. Laser Lavieen: laser a base de thulium que tem como alvo a água da pele e, por esse motivo, pode ser aplicado em todos os tipos de pele;

  5. Luz Pulsada: laser que atua com foco na melhora da qualidade da pele e de alguns tipos de vasos, e é muito utilizado para complementar os demais aparelhos;

  6. Morpheus: tecnologia a base de radiofrequência e microagulhas que são liberadas nas camadas mais profundas da pele para o tratamento de flacidez, rugas e poros;

  7. Led Multiwaves: luz vermelha utilizada para ativar a circulação e oxigenação sanguínea da pele e para complementar tratamento de queda de cabelo;

  8. Ultrassom Microfocado Ultraformer: tecnologia utilizada para a melhora da musculatura, tornando a pele mais firme e podendo corrigir até a altura das sobrancelhas;

  9. Plasmage: tecnologia a base de plasma e de uso médico para tratar linhas finas ao redor dos olhos;

  10. Vzet: novo ultrassom mais preciso e concentrado para flacidez.



コメント


bottom of page