top of page

Estilo de Vida


“Nossa própria forma de expressão são as soluções de arquitetura e interiores que trazem benefícios para sua vida e formas estéticas puras e simples que resistem ao tempo”


TEXTO VINÍCIUS LIMA FOTOS ACERVO PESSOAL

Se arquitetura é música congelada (frase de Arthur Schopenhauer), a do Studio AR8 com certeza é Bossa. Criado por Adriana Oliveira e Rafaella Lanfranchi, o Studio AR8 é fruto de uma fusão de talentos e amizade que teve início logo no primeiro trote solidário do curso de arquitetura da Universidade Estadual de Maringá, e que hoje se traduz em projetos com estilo contemporâneo e linhas que valorizam as particularidades e diferentes formas de vida de cada pessoa, seja em projetos residenciais ou comerciais.


A entrega de um projeto é sempre uma experiência visual, mas as vidas que vão ali habitar terão experiências muito mais profundas e muito mais significativas. Baseado nesse princípio o Studio AR8 idealiza ambientes repletos de sensações alinhadas com estilos de vida, personalidades, necessidades, sonhos e realizações.

Na prática, esse trabalho se traduz em uma forma única de apresentação dos projetos, com um grau de detalhamento sem precedentes, pois tudo é documentado de forma legível para o proprietário e para o fornecedor, com detalhes sobre cada superfície, cor, material, textura e até as minúcias de uma costura das roupas de cama.


Dentro das soluções projetados pelo escritório, encontramos na atemporalidade uma unidade. “Nosso processo criativo está sempre fundamentado na vida dos clientes, nos seus hábitos e nas suas vivências. Depois de apresentarmos as soluções ergonômicas e técnicas o restante vem como consequência natural e tranquila baseado nas necessidades apontadas pelos próprios clientes, afinal são eles que ditam nosso fio norteador no momento de criação”, explica Rafaella Lanfranchi.


“Nós acreditamos que os diferentes modos de viver são a mais pura forma de auto-expressão. Todas as entregas técnicas e detalhamentos são justificados de acordo com os valores intrínsecos que percebemos em cada pessoa, a partir do que ele ou ela buscam como humano, família, convívio, vivências, experiências e bem-estar”, esclarece Adriana Oliveira. Sensações essas que as arquitetas vivenciam a todo momento por onde passam, tanto no meio em que vivem quanto nas viagens que ambas amam fazer. Seja na cidade ou em meio à natureza, Rafaella e Adriana observam com destreza e emoção, a tranquilidade, as sutilezas, a proximidade, a felicidade que cada forma, material e cores trazem ao ser humano.


Nada passa despercebido aos olhos de quem acredita o quão a arquitetura, sendo ela residencial ou comercial, é importante para o bem-estar, produtividade, humor, aprendizado e felicidade. “Arquitetura acolhe, transforma a vida e o estado de espírito de cada pessoa”, relatam as arquitetas.





Comments


bottom of page